Tratamento Ortodôntico

Aparelho Dentário

Ortodontia é a especialidade odontológica que estuda o crescimento e desenvolvimento da face, bem como o desenvolvimento das dentições de leite, mista e permanente, corrigindo os desvios de normalidade, como dentes e ossos maxilares posicionados de forma inadequada.

Além de prejudicar, esteticamente, a aparência, dentes que estão mal posicionados não se encaixam perfeitamente e são mais difíceis de serem mantidos limpos, como consequência, podem ser perdidos precocemente, devido à deteriorações  e doenças periodontais.

Dentes tortos também causam estresse adicional aos músculos que fazem a mastigação, provocando dores de cabeça, síndrome da ATM e dor nas regiões do pescoço, dos ombros e das costas.

Apenas seu dentista ou ortodontista, após alguns exames especiais, como fotografias e radiografias, pode determinar se a um tratamento com aparelho dental é recomendável para o paciente e desenvolver um plano adequado, indicando o tipo de aparelho.

 

Aparelhos ortodônticos e tratamentos

O uso do aparelho dental é indicado para corrigir desajustes nos dentes, além de prevenir problemas de oclusão (encaixe dos dentes superiores com os inferiores), trazendo não só benefícios funcionais, como correta mastigação e saúde bucal, mais um importante ganho estético.

Problemas de desenvolvimento da mordida, face e arcos dentários podem ser percebidos logo e infância e podem indicar a necessidade de colocar aparelho. Mas somente o dentista ou ortodontista, após alguns exames especiais, como fotografias e radiografias, pode determinar se o tratamento ortodôntico é recomendável e desenvolver um plano de tratamento adequado para cada paciente, indicando qual tipo de aparelho usar.

 

Tratamento ortodôntico na Zona Sul

Não existe uma idade certa para iniciar o tratamento ortodôntico, embora pacientes adultos necessitem de um cuidado e acompanhamento maior, principalmente em relação aos tecidos de suporte dos dentes.

Mas quando o tratamento é bem executado, não existem grandes riscos ao paciente, desde que ele siga corretamente as instruções dadas em relação à higiene com aparelho dental, pois os detritos alimentares podem provocar problema gengival, periodontal, mancha branca ou mesmo cárie dentária.

Após o tratamento, podem ocorrer pequenas acomodações ligadas às alterações funcionais, mas isso é normal e, com um bom planejamento ortodôntico, esses efeitos são controlados e até mesmo, minimizados.

 

Tipos de aparelhos dentários

Aparelhos fixos

Formados por bráquetes (de metal, cerâmica ou plástico) que ficam colados na superfície do dente, unidos por tubos e anéis, suportando o arco metálico, responsável por fazer a movimentação dentária. Como é totalmente fixado na boca, o tratamento ortodôntico independe da colaboração do paciente.

 

Aparelho ortodôntico fixo: é o tipo mais comum, aquele conhecido como sorriso metálico. Presos nos dentes e ligados por um fio de metal ele puxa o dente, que se move gradualmente em direção à posição correta, alcançando movimentos precisos.

 

Aparelho ortodôntico estético: também chamado de aparelho estético e aparelho de porcelana, também é formado por bráquetes colados ao dente e arco metálico, agindo da mesma forma que o aparelho metálico. Entretanto, o bráquete desse aparelho é feito com material transparente (policarbonato, porcelana ou safira), proporcionando uma estética mais agradável ao sorriso do paciente.

 

Aparelho autoligado sem borrachinhas: é uma ótima opção para quem não gosta da ideia das borrachinhas (coloridas ou não).  Os bráquetes desse aparelho são mais tecnológicos e cada um tem uma portinha que o dentista abre coloca o fio lá dentro e fecha, dispensando o uso da borrachinha. É um tratamento mais ágil, menos dolorido e mais fácil de higienizar, evitando males como o mau hálito.

Aparelho ortodôntico lingual: indicado para casos mais simples e de menor duração. É conhecido como aparelho invisível, pois os bráquetes são colados na parte interna dos dentes, em contato com a língua, ou seja, bem escondido.

 

Aparelho ortodôntico móvel

É feito a partir de um molde de gesso e, por isso, se encaixa perfeitamente na boca do paciente, podendo ser retirado sempre que necessário. Pode ser ortodôntico, utilizado para fazer pequenas movimentações dentárias ou ortopédico, utilizado para realizar correções de alterações esqueléticas (ósseas). Por ser removível, o tempo e o sucesso dos resultados do tratamento com aparelho dental móvel dependem muito da colaboração do paciente.

 

Aparelho ortodôntico removível: é muito usado por crianças, pois elas ainda estão passando por trocas de estruturas ósseas e o aparelho ajuda a adequar a arcada para colocação dos aparelhos fixos corretivos. Também é muito usado após um longo tratamento com aparelho fixo, para ajudar a manter os dentes na posição certa, contendo o desalinhamento dos dentes.

 

Aparelho ortodôntico transparente: também chamados de alinhador transparente, esse aparelho é uma estrutura removível, feita com acetato transparente, moldado no formato exato do dento do paciente. Por esse motivo, o encaixe da estrutura é considerado praticamente quase imperceptível aos olhos.

É uma alternativa ao tratamento com aparelho fixo, mais estética, com menos dores e mais eficiência nos resultados.

 

CONCLUSÃO

O tratamento ortodôntico deixa a boca mais saudável, proporciona uma aparência mais agradável, mas cuidar dos dentes é mais do que uma questão estética, envolve também saúde e bem estar.

Alguns benefícios de fazer o tratamento com aparelho dental:

  • Corrige a mordida
  • Prevenir problemas de oclusão
  • Melhora a respiração
  • Melhora fonética e digestão
  • Menos cáries
  • Menos doenças gengivais
  • Sorriso alinhado

Faça seu agendamento aqui: